domingo, 31 de outubro de 2010

Long-black-sheer-skirt

   Depois das semanas de moda lá de fora ficou mais evidente ainda: a saia longa preta e transparente, uma tendência um tanto quanto óbvia. Um dos meus desfiles preferidos, o da Givenchy, adotou completamente esse estilo. A coleção foi meio que puxada para o gótico, abusando do preto e branco (a coleção praticamente só tinha essas duas cores), das estampas de leopardo e, claro, das transparências. 


   Sem contar o tanto de gurias que a gente vê pelo Face Hunter, The Sartorialist ou LOOKBOOK. As Olsen mega que incorporaram a tendência e vivem aparecendo por aí com o modelo delas, seja no dia-a-dia ou em festas. Eu acho a saia maravilhosa. A saia em si já é um modelo muito feminino, e essa mistura de preto + transparente fica um heavy mais sensual, o que é lindo! E aí, gente, vão aderir?



sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Blueberries, GUGA

   Pelo menos três vezes por semana eu preciso trocar de esmalte. Primeiro que, pra mim, é super relaxante fazer a unha, e depois que eu gosto de mudar de tons e cores, porque diz muito sobre como estou me sentindo... Tenho 67 vidricos, desde a última vez que contei. Para algumas pessoas eu sou louca (hahah) mas pra mim é apenas uma modesta coleçãozinha, visto que eu gostaria de ter muitas outras cores (principalmente de umas marcas de fora, que so são vendidas online - e eu odeio compras online!). Mas enfim...
   Ontem passei um esmalte da GUGA (lembram? hahah super anos 90, como diria uma amiga minha) que se chama Blueberries, e achei lin-do - e encontrei ele graças à essa mesma amiga do 90's feelings. Ele é um roxo meio azulado (ou vice-versa) e, exceto pelo Sky High-Top, da China Glaze, não tinha visto nenhuma cor parecida, ainda mais em marcas brasileiras. O esmalte é ótimo, tem uma ótima cobertura e, por mais que é cremoso, uma secagem super rápida! Ele é de uma coleção de Maio, meio velhinha já, mas eu não me importo muito com isso (hahah). A cor é linda e foram R$2,00 muito bem gastos, viu?


(A qualidade da foto ficou meio terrível, mas acho que dá pra ver direitinho! Pelo mostruário da China Glaze dá pra ver melhor como é a cor.)

   Vou dar os devidos créditos à Carol (@carolinedc) que me mostrou o esmalte. Linda!

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Polyvore

   Sempre tive uma mania louca de montar looks mentalmente, até que encontrei minha salvação: Polyvore! Ele tem um acervo imenso de roupas, sapatos, acessórios e tudo mais que existe nessa vida, já que ele tem uma ferramenta (a virtual styling tool) que possibilita você pegar o que quiser de qualquer site e transferir para a sua coleção, aí o resto é com a sua imaginação e estilo. Como ele é um dos pioneiros em tomar essa iniciativa, algumas marcas - Calvin Klein, Diane Von Furstenberg, Barneys, Net-A-Porter, e por aí vai - super colaboraram com o engajamento da ideia, ou seja, além de resolver a vida, ele é super reconhecido! Sem contar que você acaba renovando sua mente e ideias com os sets maravilhosos que têm por lá. Vale a pena dar pelo menos uma olhada, viu?

 

Achado

   Sou completamente obcecada por lojas de departamento, desde as gringas - Topshop e Zara, por exemplo - às brasileiras - Renner e C&A são as minhas preferidas. Além de coleções basicamente mensais, sempre com coisas novas à vista, o preço é bem convidativo (um brinde ao fast-fashion!). No começo do mês estava dando minha usual passada pelas araras da C&A e acabei achando, no meio de mil peças da coleção passada, uma regata cinza que foi amor à primeira vista! De linha, toda "furadinha" e com tachas na parte superior, bem rockerzinha mesmo. Sabe aquela peça que quando você bate o olho já pensa em n maneiras de usá-la? Então, bem isso! E o melhor de tudo: o preço. Só R$19,90 - aí eu a abracei e fui correndo pro caixa (hahah). Não que tenha sido uma das melhores e mais satisfatórias compras que já fiz, mas a soma de boa roupa + baixo preço com certeza resulta um bom sorriso na cara, né?                                                                                                                  


 

(depois mostro os looks que usei com ela!)

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Une Femme Est Une Femme

   Antes de qualquer coisa, queria explicar o nome do blog! "Une Femme Est Une Femme" é um filme escrito e dirigido por Jean-Luc Godard e protagonizado pela maravilhosa Anna Karina (que já foi casada com Jean-Luc, atuando em vários filmes dele como atriz principal). E o ponto principal é exatamente esse: ela. 
   Anna Karina (Hanne Karin Bayer) nasceu na Dinamarca e mudou-se para Paris em 1958, com 17 anos. Sem dinheiro e sem saber falar francês, teve a mega sorte de ser abordada por uma "olheira" de uma agência publicitária, que pediu que ela fizesse algumas fotos. Dotada de uma beleza incontestável, não foi difícil virar uma modelo bem-sucedida. Com isso ela acabou conhecendo e trabalhando com Pierre Cardin e mademoiselle Chanel (que, aliás, a ajudou com a escolha do nome artístico!).
   Aí que ela passou das passarelas para alguns comerciais, sendo vista por Godard e o resto é filmografia... (ahahah)                                                                                                                                                          


 





   Ela é, sem dúvidas, a minha principal inspiração. Linda!

Desanuviar

   Depois de muito seguir, ler, pesquisar, e acima de tudo, me interessar pelo mundo fashion e todas as suas ramificações, resolvi mergulhar de cara nisso: criar um blog de, basicamente, moda. Basicamente porque, na verdade, o foco principal se baseia nisso, porém com algumas (ou muitas) vertentes para assuntos de mesma importância.
   Não sou completamente virgem de blogs em geral, até porque já tive conta em toda e qualquer rede social que já apareceu na minha vida e, curiosa que sou, não pude deixar de lado a dúvida de como seria gerenciar as notícias, e não somente lê-las.
   Com muitos planinhos e anotações decorrentes de muito tempo de interesse e uma boa dose de bom humor acho que agora é a hora de sair do papel!
   Começando, claro, com as devidas apresentações:




   Anna Beatrice, 17 anos e muitos sonhos acumulados. Aspirante a jornalista desde os 7 anos de idade, estou em São Paulo desde o começo desse ano. Completamente insana por literatura, cinema e, claro, moda. Tenho uma coleção de revistas e livros, e cada mínimo detalhe é motivo para uma grande inspiração. Neurótica no limite do anormal e com muitas paixões platônicas (hahah). E, citando Pessoa, "À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo."