sexta-feira, 11 de março de 2011

Back to black


   Batom preto é assim: 8 ou 80. Ou você ama, ou você odeia. E eu me encaixo nesse seleto grupo dos amantes de sua excentrecidade. Apesar dele ser relacionado ao lado mais rocker da coisa, não acho que ele deva ser considerado como anti-feminino ou algo do tipo. E também não creio que seja preciso desinterrá-lo do armário somente para que ele seja usado nos Halloweens e festas a fantasia da vida. 



   Em alguns desfiles dessas temporadas de semanas de moda, tanto aqui quanto lá fora, o batom foi unanimidade: na Neon (SPFW) e na Felder Felder, Maria Grachvogel, e Ashley Isham (London RTW) ele foi usado da forma mais feminina possível. E, para mostrar toda a feminilidade que o batom esconte, o fotógrafo Jamie Nelson transmite isso da melhor forma possível:


   De certa forma, o preconceito existe por ele sempre ter sido relacionado ao gótico e às coisas não usuais. Como as cores mais femininas sempre foram o rosa, o vermelho e coisa e tal, o preto é como se fosse uma rebelião à essa imposição. E acho que isso é o que eu mais gosto nele, o fato de ir contra a regularidade das coisas.


   E o melhor de tudo: por ser uma cor marcante e forte, é ideal para aqueles dias em que não se tem muito tempo ou vontade de fazer uma make elaborada. É só passar o batom, dar uma uniformizada na pele e tá lindo. E não dá pra mentir, ele não é pra qualquer uma. Tem que segurar o look, né? Até porque seria estranho ver, seilá, a Taylor Swift com ele, não concorda? Hahah.
   Aqui no Brasil algumas marcas mais populares estão disponibilizando o batom, e O Boticário acabou de lançar uma linha nova, a Eudora, que possui o batom como um dos itens - mas nada que me faça deixar de desejar o Hysteria, da Chanel (claro!).

    O negócio é: o batom transmite sim uma energia mais rebelde, mas isso não significa que você tem que ser gótica para usá-lo. Quer usá-lo de uma forma natual? Brinque com o batom. Use-o de uma forma divertida. Deixar de se levar a sério torna tudo mais leve.
   E só pra fechar, uma música que, querendo ou não, engloba muito bem o universo desse - ainda - tabu (ironicamente por uma banda de mesmo nome):

4 comentários:

  1. The black lips look great in these pics (albeit a little goth) but I could NEVER pull those off, I think I'd scary my BF. hahah

    www.fashionablecollections.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Cool post, I love how black lipstick looks in editorials but I don't think it translates very well into everday fashion, too harsh for me! :)

    - www.itsanewkate.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. eu amo, acho lindo mesmo. estou já a muito tempo para comprar um..acho que vou optar por o da YSL..

    ResponderExcluir
  4. ana, ai, acho que eu não seguro, né? hahaha tô mal! acho que ia ficar muito estranha com um preto-preto... vou tentar comprar um ameixa-quase-preto pra ver se eu consigo! vou até fazer esse post no blog e citar esse post seu.
    besitos!

    ResponderExcluir